Mais uma morte: número de acidentes de trabalho é mais que preocupante

É lamentável o número de vítimas de acidentes de trabalho no Estado. Nesta quarta-feira mais um trabalhador não voltou para casa. O acidente dessa vez foi em uma olaria de Sangão, no sul. O fato aconteceu por volta da 1 hora, na empresa localizada no distrito de Morro Grande.

Testemunhas relataram à Polícia Militar que o trabalhador, de 47 anos, teve a roupa puxada por uma correia de motor, que transmite força para o transporte de material a uma esteira. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado, mas chegando ao local, o homem já estava sem vida.

Só para se ter uma ideia, em 2016 e 2017 foram mais de 34 mil acidentes de trabalho em Santa Catarina. Uma pessoa morre no Estado a cada dois dias e meio. O Ministério Público do Trabalho investiga cerca de 230 empresas catarinenses por acidentes de trabalho.

Esses dados nos mostram que esse é um problema mais grave do que se pode imaginar. Falta fiscalização e conscientização dos próprios trabalhadores. Não é difícil de encontrar um trabalhador sem capacete ou uma faxineira com o corpo para o lado de fora da janela. Segurança no trabalho é assunto novo no Estado e precisa de mais atenção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s